Categoria Vistos Americanos


Visto para não-imigrante

Visto para imigrante



Antes de partir para férias em os EUA




Viver e trabalhar nos Estados Unidos!
O governo dos EUA oferece mais de 50.000 green card por ano.
Su Green Card Lottery todas as informações sobre como participar.

Fac-Símile EUA Green Card

Contatos

USA Office:
Miami (Florida)
Email: info@vistoamericano.eu

Consultoria e Serviços em Miami


Todas as consultas são em português e em alguns casos apoiados por nosso intérprete

• Aconselhamento Legal
• Consultoria de Imóveis
• Serviço de Interpretação
• Práticas Notários
• Tradução Legal



Visto para EmpresÁrio

Visto de categoria “E” Acordo de comércio e acordo para empresários.
Este visto é reservado a quem se desloque aos EUA para fazer negócios ou investir numa companhia americana. Dada a natureza do visto, é apenas disponível para os países cujos governos tenham acordos comerciais com os Estados Unidos da América. O visto E1 diz respeito a acordos comerciais, o visto E2 a investimentos. Não são exatamente a mesma coisa.
Quem faça pedido deste visto deve ser titular de pelo menos 50% das ações da empresa com a qual faz negócios nos EUA, ou ser um empregado-chave da mesma, ou seja, ser considerada uma pessoa essencial para aquele cargo. Os filhos e cônjuge do possuidor deste visto devem requerer também eles um visto para o acompanhar, e para exercer a atividade profissional o cônjuge, para estudar o filho.
Mas ainda não acabou: este tipo de visto é muito articulado nos seus termos de uso: um visto de tipo E1 pode portanto ser emitido a quem tem um comércio substancial e frequente com os EUA e, sobretudo, a quem deve trabalhar para uma empresa que já exista no momento em que se faz a candidatura. No que diz respeito ao visto E2, para além do que já foi dito, é preciso que quem se candidate a este visto seja o titular ou empregado-chave de uma empresa que tenha investido um montante não inferior a 80.000 dólares numa companhia americana. Não se trata na realidade de uma questão numérica, mas de um critério para avaliar a capacidade potencial do negócio em questão e de criar posições de emprego para os cidadãos americanos.